PRINCIPAIS NOTÍCIAS

mask
De: 06/03/2013

Votação sobre vetos à lei dos royalties é adiada para esta quarta

Deputado Arolde (ao centro) na reunião da bancada do RJ O Congresso transferiu para esta quarta-feira, 6, a votação sobre os vetos da presidente Dilma Rousseff à lei que altera a forma como os royalties do petróleo são distribuídos entre estados e municípios. Os royalties são valores pagos pelas empresas de petróleo para compensar os […]

Deputado Arolde (ao centro) na reunião da bancada do RJ

O Congresso transferiu para esta quarta-feira, 6, a votação sobre os vetos da presidente Dilma Rousseff à lei que altera a forma como os royalties do petróleo são distribuídos entre estados e municípios. Os royalties são valores pagos pelas empresas de petróleo para compensar os possíveis danos sociais e ambientais causados pela extração.

O deputado federal Arolde de Oliveira esteve na reunião que adiou a votação e concedeu entrevista nesta manhã à Rádio 93 FM e disse que tentará impedir a votação.  “Ontem já foi um dia de muito trabalho. A presidente Dilma publicou uma nova redação a um dos vetos ao projeto e, por conta disso, conseguimos adiar a votação para hoje”, explicou o parlamentar que não crê em vitória caso ocorra o pleito.

Pezão, Paulo Melo, Arolde de Oliveira e Henriques

“O presidente da Câmara está irredutível. Ele quer votar o projeto e ontem tentou passar por cima da norma legislativa para aprovar a lei. Estamos lutando muito para tentar impedir a votação, mas, se ela acontecer, será muito difícil obter a vitória no pleito”, destacou o parlamentar do PSD.

“Mas nós, dos estados produtores, estamos preparados. Em caso de derrota, já temos uma ação pronta para entrar com um processo no Supremo Tribunal Federal (STF) pela inconstitucionalidade da proposta”, completou. A sessão extraordinária do Congresso vai acontecer no fim da tarde desta quarta, 6. (Redação)

Ouça a entrevista do deputado, direto de Brasília, para a Rádio 93 FM:

Tag: , , , , , , , , , , , ,

VOCÊCOMPARTILHANDO NAS REDES

mask