BLOGDO AROLDE

mask
De: 19/06/2017

Desafios sociais nesta era da convergência tecnológica

O males de um legislativo analógico ante uma sociedade digital

A sociedade brasileira vive um momento de incertezas. Estamos em um período de transição social em que nós somos atores, participantes deste processo de transição e, como atores, muitas vezes temos dificuldades de entender a realidade.

Quando fazemos estudos ou experimentos analisamos uma determinada variável “vendo de fora”, isso facilita a observação, o diagnóstico e as possíveis soluções para a otimização social resultante de um determinado estudo.

Os entendimentos imediatos das mudanças sociais sempre foram um desafio nas sociedades. A intensificação da tecnologia aliada aos processos de informação, comunicação e massificação das relações horizontais provocaram intensas mudanças nas relações sociais, que estão, naturalmente, na essência do convívio humano.

Essas relações sociais demandam leis para disciplinar e regular a sociedade de modo geral, estabelecendo assim, direitos, deveres e obrigações.

O desafio atual consiste no entendimento de que nossos processos legislativos/regulatórios são arcaicos, lentos, dependem de tramitações e burocracias, ou seja, são analógicos, já nossas demandas sociais são numerosas, rápidas e podem mudar na velocidade de um click, ou seja, são demandas digitais.

Esse descompasso resultante de um processo legislativo/regulatório analógico com demandas digitais nos leva a um não atendimento das leis e regulamentações, criando uma vacância legal. Com isso, podemos dizer  que hoje vivemos numa espécie de “espaço anárquico” do Estado.

Este “espaço anárquico” acentua as incertezas nas relações sociais. Importante destacar que, dentre todas as relações sociais as do mundo do trabalho se apresentam como um dos grandes desafios da atualidade. Precisamos refletir sobre isso. Como a tecnologia modificou as relações de trabalho? Hoje falamos em teletrabalho, home office, trabalho intermitente e outras relações de trabalho possíveis. É necessário encontrar alternativas a estes desafios.

Outro aspecto importante para nossa reflexão diz respeito a influência da convergência tecnológica na disseminação de informações aos evangélicos, hoje somos mais 60 milhões de brasileiros (30% da população), como utilizar a tecnologia para expandir fronteiras, levando a palavra de Deus a um número cada vez maior de pessoas?

Sabemos que de modo geral o mundo vive um ambiente de incertezas e o Brasil além das incertezas têm em particular um momento de grande aflição decorrente do comportamento ético e moral dos responsáveis pela condução de nossa sociedade.

Portanto é neste contexto que a sociedade brasileira precisará dar respostas a estes desafios, vamos em frente, o Brasil não pode parar.

VOCÊCOMPARTILHANDO NAS REDES

mask